Livros LGBTQIA+: As Melhores Dicas para Leituras Incríveis

Os livros LGBTQIA+ estão ganhando mais espaço nas prateleiras das livrarias aqui no Brasil. Sejam livrarias físicas ou online, as categorias dos livros LGBTQIA+, finalmente, possuem uma variedade de títulos do gênero que abrangem um público maior nos locais de venda de livros. Embora ainda seja uma aparição um tanto tímida, comparado aos demais gêneros da literatura ficcional, isso é um avanço.

Principalmente a chegada de livros LGBTQIA+, que com títulos contemporâneos voltados para jovens adultos, está gerando uma sensação de que logo logo vamos ter muito mais títulos do gênero disponíveis no mercado.

Neste artigo, vou te contar um pouco mais sobre o que são os livros LGBTQIA+ na literatura. Além disso, vou deixar dicas de livros do gênero para você conhecer e, quem sabe, encontrar a sua próxima leitura favorita. Vem comigo!

Sobre o que fala um livro LGBTQIA+?

Os livros LGBTQIA+ são as obras literárias que contém em seu enredo, relatos de relações cotidianas que mais se aproximam da realidade da sociedade.

Os livros de gênero LGBTQIA+ de ficção são protagonizados por personagens LGBTs que contam narrativas que promovem representatividade e, portanto, podem ser lidas e apreciadas por todos.

Confira a seguir, os livros LGBTQIA+ de ficção mais lidos e bem avaliados na Amazon.

Top 10 Melhores livros LGBTQIA+ mais lidos no 1º semestre de 2022

Os livros com temas LGBTQIA+ listados abaixo foram os mais lidos e bem avaliados na lista geral no primeiro semestre de 2022. Será que você já leu alguns desses? Confira a seguir e, caso não tenha lido, escolha um dos títulos e boa leitura.

Os livros LGBTQIA+ mais hypados de 2022:

  • Título: Os sete maridos de Evelyn Hugo

Autora: Taylor Jenkins Reid

Editora: Paralela

Sinopse

Evelyn Hugo sempre esteve sob os holofotes – seja estrelando uma produção vencedora do Oscar, protagonizando algum escândalo ou aparecendo com um novo marido… pela sétima vez. Agora, prestes a completar oitenta anos e reclusa em seu apartamento no Upper East Side, a famigerada atriz decide contar a própria história – ou sua “verdadeira história” -, mas com uma condição: que Monique Grant, jornalista iniciante e até então desconhecida, seja a entrevistadora. Ao embarcar nessa misteriosa empreitada, a jovem repórter começa a se dar conta de que nada é por acaso – e que suas trajetórias podem estar profunda e irreversivelmente conectadas.

  • Título: Heartstopper: Dois garotos, um encontro

Autora: Alice Oseman

Editora: Seguinte

Sinopse

Charlie Spring e Nick Nelson não têm quase nada em comum. Charlie é um aluno dedicado e bastante inseguro por conta do bullying que sofre no colégio desde que se assumiu gay. Já Nick é super popular, especialmente querido por ser um ótimo jogador de rúgbi. Quando os dois passam a sentar um ao lado do outro toda manhã, uma amizade intensa se desenvolve, e eles ficam cada vez mais próximos. Charlie logo começa a se sentir diferente a respeito do novo amigo, apesar de saber que se apaixonar por um garoto hétero só vai gerar frustrações. Mas o próprio Nick está em dúvida sobre o que sente — e talvez os garotos estejam prestes a descobrir que, quando menos se espera, o amor pode funcionar das formas mais incríveis e surpreendentes.

  • Título: Vermelho, branco e sangue azul

Autora: Casey McQuiston

Editora: Seguinte

Sinopse

Quando sua mãe foi eleita presidenta dos Estados Unidos, Alex Claremont-Diaz se tornou o novo queridinho da mídia norte-americana. Bonito, carismático e com personalidade forte, Alex tem tudo para seguir os passos de seus pais e conquistar uma carreira na política, como tanto deseja. Mas logo Alex tem que encarar o seu primeiro desafio diplomático: lidar com Henry, o príncipe mais adorado do mundo, com quem ele é constantemente comparado — e que ele não suporta. O encontro entre os dois sai pior do que o esperado, para evitar um desastre diplomático, eles passam um fim de semana fingindo ser melhores amigos e não demora para que essa relação evolua para algo que nenhum dos dois poderia imaginar — e que não tem nenhuma chance de dar certo. Ou tem?

  • Título: Os dois morrem no final

Autor: Adam Silvera

Editora: Intrínseca

Sinopse

No dia 5 de setembro, pouco depois da meia-noite, Mateo Torrez e Rufus Emeterio recebem uma ligação da Central da Morte. A notícia é devastadora: eles vão morrer naquele mesmo dia. Os dois não se conhecem, mas, por motivos diferentes, estão à procura de um amigo com quem compartilhar os últimos momentos, uma conexão verdadeira que ajude a diminuir um pouco a angústia e a solidão que sentem. Por sorte, existe um aplicativo para isso, e é graças a ele que Rufus e Mateo vão se encontrar para uma última grande aventura: viver uma vida inteira em um único dia. Uma história sensível e emocionante, que nos lembra o que significa estar vivo. Com seu olhar único, Adam Silvera mostra que cada segundo importa, e mesmo que não haja vida sem morte, nem amor sem perda, tudo pode mudar em 24 horas.

Os livros LGBTQIA+ muito bem avaliados e que não são tão conhecidos:

  • Título: Garotos Mortos Não Contam Segredos

Autor: Mark Miller

Editora: LOJA KINDLE

Sinopse

Fique calado, e talvez você sobreviva.

Nos subúrbios de Eastview, ninguém morre. Isto é, até um garoto ser estrangulado até a morte por uma figura encapuzada no Colégio Eastview Para Jovens de Elite.

Tomas Minori é um dos nerds esquecidos da escola, e está preso em um relacionamento às escondidas com Mateus Armani, o jogador de basquete mais popular do colégio.

Depois de um de seus encontros noturnos, os dois se tornam as únicas testemunhas desse assassinato. Além disso, há um pequeno problema: o assassino sabe quem são, e ameaça expor sua relação para a escola e o bairro caso falem qualquer coisa sobre o acontecido.

Presos em uma perigosa rede de segredos e desconfianças, os dois garotos têm apenas uma opção: descobrir quem é o assassino de Eastview… antes que sua relação secreta se torne não tão secreta assim. Todo mundo tem segredos, certo? O importante é descobrir o quão fundo você iria para proteger os seus.

  • Título: Minha versão de você

Autora: Christina Lauren

Editora: Hoo Editora

Sinopse

Há três anos a família de Tanner Scott se mudou da Califórnia para Utah, fazendo com que sua bissexualidade voltasse para o armário. Agora, com apenas mais um semestre até o fim das aulas no colegial e seu tão sonhado futuro em uma universidade longe da família, ele só deseja que o tempo passe mais depressa.

Quando Autumn, sua melhor amiga, se inscreve na aula de escrita e o desafia a participar, Tanner não consegue recusar o convite, afinal de contas, quatro meses é tempo mais do que suficiente para escrever um livro, certo? O garoto está mais certo do que imagina, pois leva apenas um segundo para que ele note Sebastian Brother, o prodígio mórmon que, nas aulas de escrita do ano anterior, escreveu e publicou o próprio livro, e agora orienta a turma. Se quatro meses é muito tempo, um mês pode não ser. E é exatamente esse tempo que leva para Tanner se apaixonar por Sebastian.

  • Título: Procura-se um namorado

Autor: Alexis Hall

Editora: Paralela

Sinopse

Quando uma foto comprometedora vai parar nos tabloides britânicos, Luc O’Donnell vê sua reputação e seu emprego ameaçados. Para limpar sua imagem, ele sabe que precisa de um namorado perfeito. E quem é melhor que Oliver Blackwood, o advogado com quem sua amiga vem tentando juntá-lo há anos?

Luc O’Donnell, infelizmente, é um cara famoso. Quer dizer, mais ou menos. Sendo filho de duas estrelas do rock, ele é uma das sub-celebridades preferidas dos tabloides. E agora que seu pai está voltando aos holofotes, ele se tornou o centro das atenções, o que significa que uma foto comprometedora pode ― e vai ― estragar tudo.

Mas Luc tem um plano: para limpar sua imagem, ele só precisa de um namorado normal e bonzinho, e Oliver Blackwood é as duas coisas, além de advogado, vegetariano e basicamente alérgico a qualquer tipo de escândalo. O único problema é que, tirando o fato de ambos serem gays e solteiros e precisarem de acompanhantes para um evento, Luc e Oliver não têm nada em comum.

É por isso que eles estabelecem um namoro falso, até quando for necessário. Mas o perigo de namorar de mentira é que se parece muito com namorar de verdade. E, quando sentimentos verdadeiros começam a surgir, eles precisam descobrir como fazer dar certo ― não para as câmeras, mas para si mesmos.

  • Título: Garota, mulher, outras

Autora: Bernardine Evaristo

Editora: Companhia das Letras

Sinopse

Garota, mulher, outras é um verdadeiro marco da ficção britânica. O romance causou furor quando publicado: venceu o Booker Prize em 2019, foi aclamado por nomes como Barack Obama, Roxane Gay, Ali Smith e Tom Stoppard e incluído nas listas de melhores livros do ano por veículos como The Guardian, Time, The Washington Post e The New Yorker. A forma, por si só, não é nada convencional: trata-se de um gênero híbrido, composto de versos livres e sem pontos-finais. O resultado é uma dicção singular e envolvente, que prende o leitor da primeira à última página.

O pano de fundo dessas histórias é uma Londres dividida e hostil, logo após a votação do Brexit: um lugar onde as pessoas lutam para sobreviver, muitas vezes sem esperança, sem que as suas necessidades sejam atendidas e sem que sejam ouvidas. Nesse ambiente opressor, as vozes de Garota, mulher, outras formam um coro e levantam reflexões poderosas sobre o machismo, o racismo e a estrutura da sociedade.

  • Título: Cidade das garotas

Autora: Débora Landsberg

Editora: Alfaguara

Sinopse

Elizabeth Gilbert retorna para o texto ficcional com uma inesquecível história de amor na Nova York dos anos 1940. Narrado a partir da perspectiva de uma mulher que olha para o passado com felicidade, Cidade das garotas explora a ideia de sexualidade, bem como as idiossincrasias do amor.

Em 1940, Vivian Morris tem 19 anos e acabou de ser expulsa da faculdade. Seus pais, ricos e influentes, a enviam para Manhattan, onde mora sua tia Peg, dona de um teatro chamado Lily Playhouse. No teatro, Vivian passa a se relacionar com um grupo de personagens pouco convencionais, mas extremamente carismáticos: grandes atrizes, galãs, escritoras e produtores.

Mas quando Vivian comete um erro profissional que resulta em um escândalo, ela passa a ver aquele mundo com outros olhos. No fim, é essa jornada que a ajudará a descobrir o que ela realmente deseja — e qual tipo de vida ela precisa levar para que isso aconteça. É nessa jornada que Vivian também encontra o amor de sua vida, uma pessoa que se destaca de todo o restante.

“A certa altura da vida de uma mulher”, escreve Vivian, “ela se cansa de sentir vergonha o tempo inteiro. Depois disso, ela está livre para se tornar quem é de verdade.”

  • Título: Nós: O felizes para sempre de Ryan e James

Autores: Elle Kennedy e Sarina Bowen

Editora: Paralela

Sinopse

Será que seus jogadores de hóquei preferidos terminarão a primeira temporada juntos e invictos?

Ryan Wesley (Wes) e James (Jamie) Canning se conheceram num acampamento de hóquei quando crianças. A amizade entre os dois cresceu pouco a pouco até que um acontecimento inesperado os afastou. Quando eles se reencontram na faculdade, ambos já adultos, se apaixonam e iniciam uma nova relação, agora de amor.

Por motivos profissionais, Wes não quer que seu relacionamento se torne público, mas um de seus colegas de time se muda para o mesmo prédio onde ele está morando com Jamie, e a vida secreta que os dois construíram cuidadosamente corre o risco de ruir.

Com o mundo externo pronto para testá-los, Jamie e Wes precisam descobrir do que são capazes em nome do amor que têm um pelo outro.

Veja também outros títulos de não ficção que falam sobre LGBTQIA+.

Top 5 livros LGBTQIA+ para aprender sobre o movimento

Por que ler livros LGBTQIA+?

Os livros em geral, independente do gênero em que ele esteja classificado, são fontes inesgotáveis de aprendizado e entretenimento. Se você se encaixa na classificação LGBTQIA+ ou se considera uma pessoa heterossexual, a leitura de livros com temáticas LGBTQIA+ é para você!

Seja para você descobrir como lidar com suas emoções; seja para você se entreter; ou para você aprender sobre o outro e sobre como são os seres humanos que fazem parte da sociedade. A leitura desses livros pode te ajudar a quebrar tabus, desconstruir conceitos e ser uma pessoa melhor, para se aceitar e aceitar o outro.

O que significa cada letra da sigla LGBTQIA+?

A sigla que representa o movimento LGBTs já teve diversas alterações desde que foi criada na década de 90.

Confira a seguir o significado de cada letra da sigla LGBTQIA+:

L = Lésbicas: mulheres (cis gênero* ou transgênero) que são romanticamente ou sexualmente atraídas por outras mulheres (também cis ou trans).

G = Gays: homens (cis gênero ou transgênero) que sentem atração romântica ou sexual por outros homens (também cis ou trans). Esse termo também é usado para falar de todas as pessoas homossexuais, independentemente do gênero.

B = Bissexuais: são pessoas que se relacionam afetiva e sexualmente tanto com pessoas do mesmo gênero. quanto do gênero oposto (sejam essas pessoas cis ou trans)

T = Transexuais, Transgêneros, Travestis: Este é um conceito relacionado à identidade de gênero e não à sexualidade, ou seja, pessoas cuja identidade de gênero é diferente do sexo biológico que foi atribuído no nascimento

Q = Queer: É um termo usado para qualquer pessoa que não se encaixe na heterocisnormatividade, ou seja, que não se identifica com o padrão binário de gênero, assim como também não se identifica com outra letra da sigla referente a orientação sexual, pois entendem que estes rótulos podem restringir a amplitude e a vivência da sexualidade

I= Intersexo: pessoa que nasceu com características genéticas (como genitais ou cromossomos) que não se enquadram nas categorias binárias homem/mulher.

A = Assexual: pessoa que não sente nenhuma atração sexual por qualquer gênero.

+ =: demais orientações sexuais e identidades de gêneros que não estejam definidas nas siglas. O + significa que a diversidade de gênero é fluida e pode mudar e evoluir, podendo a sigla do movimento LGBTQIA+ ter alterações a qualquer tempo.

Conclusão

Em síntese, podemos dizer que os livros LGBTQIA+ falam sobre pessoas normais, comuns que compõem a sociedade, ou seja, são livros que fogem do padrão de histórias contadas dentro dos padrões heteronormativos, onde o foco principal é sempre as relações heterossexuais. O que torna a retratação da sociedade em toda a sua diversidade de gêneros, real. Por isso é tão importante que a variedade desse gênero de livro seja maior no mercado editorial.

E aí, gostou do conteúdo? Espero que sim e se quiser comentar e me dizer o que achou, deixar alguma sugestão ou participar com a contribuição de conteúdo, conheça a página Participe aqui no blog e venha colaborar conosco!

Para muito mais opções de livros com temas LGBTQIA+, você pode conferir a loja Kindle na Amazon, adquirir o serviço de assinatura Kindle Unlimited (grátis por 30 dias) e obter muito mais histórias interessantes.

Os livros digitais (e-books) podem ser lidos no dispositivo Kindle da Amazon ou pelo aplicativo Kindle que você pode baixar no seu celular. Além de acesso a milhares de livros pela assinatura Kindle Unlimited, você pode aproveitar diversas promoções de livros grátis diariamente. Assine para conferir! Um abraço e até mais.